Categoria ‘Seminário’ Antropologia

2
Sep

7º SIMP – Seminário Internacional de Memória e Patrimônio

simp

Estão abertas as inscrições de trabalhos para 7º SIMP – Seminário Internacional de Memória e Patrimônio – realizado entre os dias 6 e 8 de novembro de 2013, na cidade de Pelotas-RS, pelo Programa de Pós-graduação em Memória Social e Patrimônio Cultural – PPGMP – da Universidade Federal de Pelotas – UFPel. Este ano a temática é “Convenção do Patrimônio Imaterial: 10 anos depois [2003-2013]”. O evento receberá comunicações nos seguintes eixos temáticos:

– Ciência e preservação: a tecnologia como ferramenta para a conservação do patrimônio.
– Fotografia, cultura material e patrimônio imaterial
– Direito, Políticas Públicas e Justiça na tutela de Bens Culturais
– Arquitetura e Patrimônio
– Patrimônio Material: histórias e inventários
– Patrimônio e Museus: interfaces necessárias
– Lembrar, esquecer, narrar
– O Patrimônio Cultural Imaterial e suas normativas e instituições patrimoniais na América Latina
– Paisagem e cultura: patrimônio, turismo e memória.

Serão avaliadas propostas de comunicações recebidas até o dia 26 de setembro. O edital e outras informações estão disponíveis no site do evento: simp.ufpel.edu.br/7

Favor divulgar na sua instituição de ensino,

Atenciosamente,

Comissão Organizadora do evento
simp@ufpel.edu.br

25
Jun

ANTROPOLOGIA DA PERCEPÇÃO E DO IMAGINÁRIO – UFPel

ciclo-seminarios

O PPG em Antropologia convida e solicita divulgação para o 2º módulo do Ciclo de Seminários “Estado e Diversidade Cultural”: ANTROPOLOGIA DA PERCEPÇÃO E DO IMAGINÁRIO

(Atenção para a mudança de local da conferência)

27 junho (quinta-feira, Auditório da UCPel – CAMPUS II – Rua Almirante Barroso, 1202):
19h – Abertura:
Prof. Sidney Vieira (ICH/UFPel)
19h30m – Conferência:
Profª Barbara Glowczewski (CNRS/EHESS/Collège de France):
Cartografias, ritual e arte dos Aborígenes do deserto central australiano

28 junho (sexta-feira, Auditório da Agência da Lagoa Mirim, Rua Lobo da Costa, 447):
19h – Mesa Redonda: A cidade como construção simbólica
Coordenação: Profª Claudia Turra Magni (LEPPAIS/UFPel)
Debatedora: Profª Claudia Brandão (UFPel)
Palestras:
Profª Rose Satiko (LISA/USP):
Cidade Tiradentes por seus artistas
Profª Lizete Dias de Oliveira (FABICO/UFRGS):
A Porto Alegre imaginada e a invizibilizada
Ronaldo Correa (BIEV/UFRGS):
As imagens visuais da cidade de Porto Alegre: o efêmero como documento cultural.

Claudia Turra Magni
Profª PPG e Bacharelado Antropologia – UFPel
Coord. LEPPAIS

18
Jun

Convite para Apresentação de Trabalhos

logo-olhares

7° SEMINÁRIO OLHARES DIVERSOS E CONTEMPORÂNEOS

CONVITE PARA APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

APRESENTAÇÃO ORAL E PÔSTER

O Seminário Olhares Diversos e Contemporâneos na sua 7ª edição segue ampliando os horizontes e, assim como em edições anteriores,conta com a participação de professores e colegas de outros municípios, estados e países. Este ano o Núcleo de Pesquisas em Antropologia do Corpo e da Saúde (NUPACS) do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social (PPGAS-UFRGS) que tem, desde a primeira edição, tem se responsbilizado pela orgaznização do seminário, firmou uma parceria com o Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Santa Maria (PPGCS-UFSM), reforçando a presença de professores e pesquisadores que trabalham em diversas áreas das Ciências Sociais, em especial da Antropologia.Uma das características principais que tem garantido o sucesso deste evento é o estabelecimento efetivo da interação entre alunos de graduação e pós-graduação, que encontram no seminário uma oportunidade ímpar de trocas e valorização das suas pesquisas (em andamento ou finalizadas) de TCC, mestrado ou doutorado a partir dos debates realizados em sessões temáticas, palestras, apresentação e discussão de pôsteres.

Convidamos estudantes de graduação e pós-graduação a submeter trabalhonas modalidades Apresentação oral e Pôsteres para o 7º Seminário Olhares Diversos e Contemporâneos.

Instruções para preparação do resumo (apresentação oral e pôster):

Os resumos devem ter entre 1.200 e 1.800 caracteres (com espaços). Fonte Times New Roman, tamanho 12, com espaçamento simples.

No resumo deve constar: título do trabalho; nome do(s) autor(es) e do(a) orientador(a); Instituição de ensino; curso; agência de fomento da pesquisa (caso haja).

O período para inscrição dos resumos será entre os dias 06/05/2013 e  17/06/2013.

Os resumos devem ser enviados para o E-mail:

seminario.olharesdiversos@gmail.com

Instruções para preparação do Pôster

Os estudantes selecionados para apresentação de pôsteres deverão confeccionar seu material de acordo com as seguintes especificações:

Dimensões: 90cm de altura por 60cm de largura.

Informações obrigatórias: título do trabalho; nome do(s) autor(es) e do(a) orientador(a); Instituição de ensino; agência de fomento da pesquisa (caso haja); definição do objeto; os objetivos do trabalho; metodologia; resultados (ainda que parciais) e referências bibliográficas. É permitido o uso de elementos visuais como figuras, fotos, tabelas, gráficos, dentre outros.

Mais informações: http://olharesdiversos.wordpress.com/

13
Jun

XI Graduação em Campo: inscrições prorrogadas até 09/07

Até o dia 9 de Julho estarão abertas as inscrições para o XI Graduação em Campo: Seminários de Antropologia Urbana da USP. Seu principal objetivo é promover um espaço para apresentação, discussão e divulgação do resultado de pesquisas etnográficas realizadas por graduandos e estudantes formados recentemente. O evento, que recebe tradicionalmente participantes de todas as regiões do Brasil, conta também, entre outras atividades, com uma conferência de abertura e mini cursos oferecidos por professores do Departamento de Antropologia da USP. São fornecidos certificados de apresentação e participação no evento.
Mais informações: acesse o link http://n-a-u.org/novo/

Comissão Organizadora do XI Graduação em Campo:

Seminários de Antropologia Urbana
Laboratório do Núcleo de Antropologia Urbana
http://www.n-a-u.org/

Enviado pela Profa. Dra. Renata Menasche
Colegiado de Antropologia UFPel/RS

20
Aug

Seminário Internacional “Cultura, ambiente e Educação”

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Intituto de Filosofia e Ciências Humanas
Instituto Latino Americano de Estudos Avançados
Programa de Pós Graduação em Antropologia Social
e Pontificia Universidade Católica do RGS
Programa de Pos Graduação em Educação

Convidam para o Seminário Internacional

cartaz Ingold Conferencia Magna

Cultura, Percepção e Ambiente

A contribuição de Tim Ingold para uma mudança de paradigma
Endereço: Auditório ILEA – Campus do Vale, Prédio 43322
Av. Bento Gonçalves, 9500 – CEP: 91509-900 Porto Alegre – RS
Informações pelo telefone:051 33086638

Entrada Livre + Atestados de frequencia R$ 10,00

Data: 10 a 14 de outubro 2011
Porto Alegre, ILEA, UFRGS

Comissão organizadora:
Carlos Steil (UFRGS)
Cornelia Eckert (UFRGS)
Isabel Cristina M Carvalho (PUC/RS)

Apoio à organização:
Ana Luiza Carvalho da Rocha (UFRGS)
Rosemari Feijó (UFRGS)
Navisual PPGAS UFGS
Entidades Promotora:
CAPES
PPGAS IFCH UFRGS
PROPESQ UFRGS
PPG Educação, PUC RS

Apoio à promoção
Ana Maria R. Gomes (Faculdade de Educação, UFMG)
Javier Taks (UDELAR, Uruguai)
Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, UFRGS
Departamento de Antropologia, UFRGS

DIA 10 DE OUTUBRO 2011 (segunda-feira)
MANHÃ

9 h Abertura – Autoridades
9h30m Mesa Redonda 1:
Modos de Vida (Livelihood): Biologia e Improvisação Cultural
Coordenação Otávio Velho (MN/UFRJ)

Apresentações
María Fernanda de Torres (UDELAR, Uruguai)
Bernardo Lewgoy (UFRGS, Brasil)

Debatedor: Tim Ingold

TARDE
14h30m Mesa Redonda 2:
Habitar (Dwelling): Natureza, Percepção e Ambiente
Coordenação: Ondina Fachel Leal (UFRGS, Brasil)
Andrea Zhouri (UFMG, Brasil)
Javier Taks (UDELAR Uruguai)

Debatedor: Tim Ingold

DIA 11 DE OUTUBRO 2011 (terça-feira)
MANHÃ
9h Mesa Redonda 3:
Habilidades (Skillment): Engajamento e Agência
Coordenação Cláudia Fonseca (UFRGS, Brasil)

Apresentações
Rosane Manhães Prado (UERJ, Brasil)
Jorge Villela (UFSCar, Brasil)

Debatedor: Tim Ingold

TARDE
14h00 Mesa Redonda 4:
Educação, Religião e Ambiente na Perspectiva de uma Antropologia Ecológica

Coordenação Carlos Steil (UFRGS, Brasil) e Apresentações
Isabel Carvalho (PUCRS, Brasil)
Clara Mafra (UERJ, Brasil)
Rolando Silla (Conicet/IDES, Argentina)

Debatedor: Tim Ingold

DIA 13 DE OUTUBRO 2011 (quinta-feira)
Manhã
CONFERÊNCIA MAGNA TIM INGOLD (com tradução)
AUDITORIO DO ILEA
Horário 10 h

Enviado pelo prof. Dr. Gianpaolo Adomilli
Coordenador do NECO – Núcleo de Estudos Sobre Populações Costeiras Tradicionais/FURG

28
Feb

II Seminário Internacional Sobre Povos Tradicionais, Fronteiras e Geopolítica na América Latina: Uma Proposta Para a Amazônia

A Universidade Federal do Amazonas/UFAM, através do Departamento de Antropologia/ICHL, do Programa de Pós – Graduação em Antropologia Social/Museu Amazônico em parceria com o Instituto de Ciências Humanas e Letras – ICHL, a Pró-Reitoria de Extensão e Interiorização – PROEXTI , Instituto Nacional de  Pesquisa Brasil Plural,  Universidade Federal de Santa Caratina/UFSC e com o apoio da CAPES e FAPEAM estarão realizando o II Seminário Sobre Povos Tradicionais, Fronteiras e Geopolítica na America Latina: Uma proposta para a Amazônia. O evento ocorrerá no período de 21 a 23 de março de 2011, no Setor Norte/UFAM, em Manaus/AM. Os palestrantes serão o Prof. Dr. Carlos Zárate Botía – UNAL/Sede Amazônia,  Prof. Dr. Roberto Piñeda –  UNAL/ Sede Bogotá,  Representante do Programa de Mestrado em Estudos Amazônicos/ UNAL e Prof. Dr. Vlamidir Montoya Arango –  Universidad de Antioquia; Prof. Dr. Nelson Rodriguez – Universidad Central del Ecuador/Ecuador;  Profa. Heloisa Puit – UNESP/MARILIA-SP; Prof. Dr. Renato Athias – PPGAS/UFPE; Profa. Edviges Marta Ioris – Instituto de Pesquisa Brasil Plural/PPGAS/UFSC; Profa. Graziela Sant’ana – UNESCO; Prof. Dr. Stephen Baines – DAN/UnB; Prof. Msc. Benedito Maciel INC/UFAM, Prof. Alfredo Wagner Berno de Almeida –  PPGAS/UFAM  e UEA; Profa. Dra. Ivani Faria – PPGG/UFAM; Representante da Secretaria de Estado para os Povos Indígenas – SEIND/Amazonas; Prof. Dr. Sidney Antônio da Silva  e Prof. Dr. Frantomé Bezerra Pacheco – DAN/PPGAS/UFAM;  Prof.MSc. Lino João de Oliveira Neves e Prof. MSc. Raimundo Nonato Pereira da Silva – DAN/LEPAPIS/ICHL/UFAM; Representantes de Organizações Indígenas; Representante da Organização dos Ribeirinhos.

O Seminário refletirá sobre povos tradicionais, fronteiras e geopolítica na America Latina focalizando uma proposta para a Amazônia, a partir dos aportes de pesquisadores estrangeiros e nacionais, acadêmicos, estudantes, representantes dos poderes públicos, organizações da sociedade civil e público em geral interessado na temática em questão. Pretende estimular a cooperação técnico-científica entre universidades latinoamericanas em nível interinstitucional e interdisciplinar e fortalecer a Pós-Graduação em Antropologia Social no Estado do Amazonas. Propõe-se também refletir e avaliar criticamente ferramentas conceituais e teorias da antropologia e a sua pertinência para o conhecimento sobre a Amazônia e suas populações.

A mesa de abertura será realizada no dia 21, às 8 horas e 30 min, no Setor Norte/UFAM, em Manaus/AM.

A entrada é livre.

As inscrições para o evento serão limitadas. Ocorrerão no período de 01 a 15 de março e devem ser efetuadas pelo e-mail: 2seminariopovostradicionais@gmail.com Aqueles que efetivarem sua inscrição e comparecerem a, no mínimo 75% das atividades, receberão certificado.

Acesse a ficha de inscrição e a programação do evento no site  www.ppgas.ufam.edu.br

Outras informações pelo e-mail  2seminariopovostradicionais@gmail.com

Cronograma:

II SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE POVOS TRADICIONAIS, FRONTEIRAS E GEOPOLÍTICA NA AMERICA LATINA: UMA PROPOSTA PARA A AMAZÔNIA

O seminário será realizado no período de 21 a 23 de março de 2011 e prevê as seguintes atividades:

1º DIA 8 h e 30 min. – Mesa de abertura

Convidados: Dirigentes da UFAM, da UEA, da UNAL (Colômbia)

9 h – Mesa-redonda: “Povos, fronteiras e os Estados nacionais: uma proposta para a Amazônia”

Conferencistas: Prof. Dr. Carlos Zárate Botía – UNAL/Sede Amazonia (Colômbia)

Prof.MSc. Lino João de Oliveira Neves – DAN/LEPAPIS/ICHL/UFAM

Prof. Msc. Benedito Maciel  – INC/UFAM

Prof. Dr. José Exequiel Basini Rodriguez – DAN/LEPAPIS/PPGAS/UFAM  (Coordenador)

12 h às 14 h – Intervalo

14 h – Mesa-redonda: “Geopolítica e fronteira”

Conferencistas: Prof. Dr. Vlamidir Montoya Arango – Universidad de Antioquia (Colômbia)

Prof. Dr. Roberto Piñeda – UNAL Sede Bogotá/Colômbia

Prof. Dr. Stephen Baines – DAN/UnB

Prof.MSc. Lino João de Oliveira Neves – DAN/LEPAPIS/ICHL/UFAM (Coordenador)

17 h – Coquetel

2º DIA 9 h – Mesa-redonda: “Movimentos sociais na Amazônia”

Conferencistas: Prof. Dr. Alfredo Wagner Berno de Almeida – Projeto Nova Cartografia Social da Amazônia – PPGAS/UFAM

Prof. MSc. Raimundo Nonato Pereira da Silva – DAN/LEPAPIS/ICHL/UFAM

Representantes de Organizações Indígenas

Representante da Organização dos Ribeirinhos

Profa. Dra. Maria Helena Ortolan Matos DAN/PPGAS/UFAM (Coordenadora)

12 h às 14 h – Intervalo

14 h às 17 h – Mesa-redonda: “Globalização, Estados nacionais e povos em situação de fronteira”

Conferencistas:

Prof. Dr.Nelson Rodriguez – Universidad Central del Ecuador/Ecuador

Profa. Heloisa Puit – UNESP/Marilia-SP

Prof. Dr. Sidney Antônio da Silva – DAN/PPGAS/UFAM

Prof. MSc. Raimundo Nonato Pereira da Silva – DAN/LEPAPIS/ICHL/UFAM (Coordenador)

3º DIA 9 h – Mesa-redonda: “Língua, Povos Tradicionais e Intervenção”

Conferencistas: Prof. Dr. Renato Athias – PPGAS/UFPE

Prof. Dr. Frantomé Bezerra Pacheco – DAN/PPGAS/UFAM

Profa. Dra. Ivani Faria – PPGG/UFAM

Representante Secretaria de Estado para os Povos Indígenas – SEIND/Amazonas

Profa. Dra. Márcia Regina Calderipe Farias Rufino – DAN/PPGAS/UFAM (Coordenadora)

12 h às 14 h – Intervalo

14 h às 17 h – Mesa-redonda: “Olhares sobre a Amazônia”

Conferencistas: Profa. Edviges Marta Ioris – INSTITUTO BRASIL PLURAL/PPGAS/UFSC

Profa. Graziela Sant’ana – UNESCO

Prof. Dr. Jorge Gasché – IIAP – Iquitos/PeruRepresentante do Programa de Mestrado em Estudos Amazônicos da UNAL (Colômbia)

Profa. Dra Raquel Wiggers – DAN/LEPAPIS/PPGAS/UFAM  (Coordenadora)

17h – Encerramento

Enviado por: Rojane Nunes
NETA – Núcleo de Etnologia Ameríndia da UFPel

5
Feb

Antropólogos, lideranças Indígenas e autoridades discutem polêmica hidrelétrica de Belo Monte

A Associação Brasileira de Antropologia e a Universidade de Brasília, em parceria com o Instituto de Estudos Socioeconômicos (INESC) e a Fundação Darcy Ribeiro, realizarão o seminário “A Hidrelétrica de Belo Monte e a Questão Indígena”, no dia 7 de fevereiro de 2011, no auditório da reitoria da UnB. O evento reunirá especialistas, lideranças indígenas, movimentos sociais e autoridades para discutir os impactos e o processo de licenciamento de Belo Monte. O seminário será transmitido pela UNB através do site: http://www.cpce.unb.br/belomonte.htm

Planejada para ser instalada em uma das áreas de maior diversidade cultural e biológica do país, a hidrelétrica de Belo Monte, além de inundar uma área de mais de 600 km2, promoverá até 80% de redução da vazão de um trecho de mais de 100 km do rio, denominado Volta Grande do Rio Xingu, atrairá uma população estimada em 100 mil pessoas e causará o deslocamento compulsório de cerca de 40 mil. Nesta área, residem os Arara, os Juruna, os Xikrin e milhares de famílias ribeirinhas, indígenas e não-indígenas. Ainda no Médio Xingu e seus tributários, residem os Parakanã, os Asurini, os Kararaô, os Araweté, os Arara, os Xipaia e Kuruaia e centenas de famílias que habitam as Unidades de Conservação que conformam o corredor ecológico do Xingu (Resexs, APA, FLONA, ESEC, PARNA). Mais próximos das cabeceiras do rio, estão os Kayapó do Sul do Pará, os Metuktire, os diversos Povos do Parque Indígena do Xingu e grupos indígenas voluntariamente isolados, que transitam na fronteira dos Estados do Pará e Mato Grosso.

O Seminário discutirá a magnitude dos impactos da hidroelétrica e seu questionável processo de licenciamento, que repercutem diretamente sobre os direitos e o modo de vida tanto de Povos Indígenas que imemorialmente vivem nesta região, quanto de Povos Tradicionais – camponeses, pescadores e extrativistas – e de outros grupos locais que dependem simbólica, social e economicamente da floresta, do rio e de seus igarapés.

Estarão reunidos, entre outros, representantes dos Povos Indígenas (Cacique Raoni Metuktire, Megaron Txukarramãe, Yabuti Txukarramãe e Josinei Arara), dos movimentos sociais (Antônia Melo da Silva) e do Ministério Público Federal (a subprocuradora geral da República, Deborah Duprat), além dos antropólogos João Pacheco de Oliveira Filho (Museu Nacional), Gustavo Lins Ribeiro (UnB), Bela Feldman-Bianco (Unicamp), Sonia Magalhães (UFPA) e Andréa Zhouri (UFMG) para juntos debaterem matéria que tanto interessa à opinião pública nacional e internacional. Também foram convidados a ministra do Meio Ambiente e os presidentes da FUNAI e do IBAMA.

A hidrelétrica de Belo Monte e a questão indígena

PROGRAMAÇÃO

7 DE FEVEREIRO DE 2011
Abertura – 9:00 horas

Reitor da UnB, Presidente da ABA, Diretor do Instituto de Ciências Sociais da UnB
Sessão 1 – 9:30 às 12:30 horas
Perspectivas sobre Belo Monte: indígena, dos movimentos sociais e de especialistas
Coordenador: Prof. Stephen Baines (UnB)
Expositores: Raoni Metuktire
Megaron Txukarramãe,
Ozimar Juruna
Josinei Arara
Antonia Mello (Movimento Xingu Vivo)
Profa. Sônia Barbosa Magalhães – (ABA-UFPA)
Debatedor: Prof. João Pacheco de Oliveira Filho – (ABA-UFRJ)

12:30 às 14:30 horas – intervalo

Sessão 2 – 14:30 às 17:30 horas
Problemas e dilemas de um grande projeto amazônico em debate.
Coordenadora: Profa. Bela Feldman-Bianco (ABA)
Expositores: Profa. Andréa Zhouri – (ABA-UFMG)
Dra. Deborah Duprat – Subprocuradora Geral da República
Prof. Sérgio Sauer – UnB
Ministra do Meio Ambiente
Presidente do IBAMA
Presidente da FUNAI
Presidente da Subcomissão da Usina de Belo Monte do Senado Federal/CMABMONTE.
Debatedor: Prof. Gustavo Lins Ribeiro (UnB)
Local: Auditório da Reitoria da Universidade de Brasília

Enviado por: Alessandro Lopes
Discente em Bacharelado de Antropologia/UFPel