26
Jul

Encontro Internacional de Antropologia Marítimo-Costeira e Educação Ambiental – FURG /Rio Grande/RS

Data: 10, e 11 de Agosto de 2016
Local: Campus Carreiros – FURG.

Nas regiões costeiras encontra-se uma diversidade de grupos humanos que vivem em contextos socioambientais singulares. Estes vêm conhecendo questionamentos em face de outras complexidades sociais, como a questão ambiental, as políticas relacionadas à pesca e à educação, o desenvolvimento de vários modelos de turismo, as demandas globais e de transformações industriais. O acesso a diversas experiências de pesquisa nos elucidam sobre as práticas econômicas, sociais e simbólicas singulares a essas populações em seus contextos particulares. Neste encontro, buscaremos apresentar estudos e refletir acerca do estado atual de pesquisas sobre o tema, principalmente nas áreas de Antropologia e Educação Ambiental, suas interfaces e tudo o que envolve o modo de vida ligado às práticas de educação, trabalho e percepção nos ambientes marítimo-costeiros.

Inscrições: http://sinsc.furg.br/detalheseventos/443

Programação:

Quarta-feira, 10/08. 19h-21h. Sala 3104
Conferencia de abertura com o Prof.Daniel Quiroz (Universidad de Chile)
– Antropología, arqueología y medio ambiente: interfaces y trayectoria de investigación.

Quinta-feira, 11/08. 9h-12h. Sala 4115
Mesa 01 – “Conflitos, Territorialidades Costeiras e Gestão Ambiental”
Profa. Leticia D’ ambrosio (CURE-UDELAR),
Prof. Carlos Machado (FURG), Profa. Lucia Anello (FURG). Mediação: Profa. Adriana Fraga da Silva (FURG)

14 h – 17h. Sala 4110
Mesa 02 – “Imagens, Saberes Costeiros e Educação Ambiental”
Prof. Gastón Carreño (CEAVI),
Prof.Martin Cesar Tempass(FURG), Prof. Gianpaolo Adomilli (FURG).
Mediação Profa. Cassiane Paixão (FURG).

17h-18:30. Sala 3108
Roda de conversa: Antropologia e Educação Ambiental: diálogo, interface e pesquisas

19h – 21h. Sala 3108
Conferencia de encerramento com o Prof. Gabriel Noel (IDAES – UNSAM) -“Las Disputas Territoriales en Clave Moral : la Antropología de las Moralidades y el Análisis de la Conflictividad Política”.

Realização: NECO – Núcleo de Estudos sobre Populações Costeiras e Saberes Tradicionais – FURG