11
Mar

O Curso

O Bacharelado em Antropologia na Universidade Federal de Pelotas possui duas linhas de formação, Antropologia Social e Cultural e Arqueologia.

Além da UFPel, o curso de graduação em Antropologia é oferecido em outras universidades brasileiras, tais como: Universidade Federal do Amazonas, Universidade Federal do Paraíba, Universidade  Federal da Bahia, na Universidade Federal de Minas Gerais, Universidade Federal de Santa Catarina e em formatação na Universidade Federal Fluminense. Cabe ressaltar que a ABA – Associação Brasileira de Antropologia vem apoiando essa idéia, haja visto os debates delineados em congressos de caráter internacional e nacional.

Quanto à concepção do Bacharelado em Antropologia na UFPel, a articulação entre antropologia e arqueologia está ancorada nas tradições norte-americana, européia e latino-americana. Isto é, na maioria dos países de língua espanhola (México, Peru, Bolívia, Argentina, Uruguai) cursos de antropologia que atuam antropólogos e arqueólogos é a tradição acadêmica. Já no Brasil, tanto na UFPel como na UFMG, o curso de antropologia está estruturado a partir dessas duas áreas de formação.

O ingresso dos alunos ao Bacharelado em Antropologia, ocorre via processo seletivo (vetibular de inverno), sendo oferecidas cinqüenta vagas anuais. Além disso, o curso prevê o ingresso de alunos através de reopção, reingresso, transferência de outros cursos de graduação e portador de diploma.

Quanto ao desenho do curso, a Linha de Formação em Antropologia Social e Cultural compreende 2.916 horas de atividades discentes; por sua vez, a Linha de Formação em Arqueologia compreende 3.210 horas.

Rogério Reus Gonçalves da Rosa
Flávia Maria Silva Rieth

Para mais informações sobre o curso clique aqui.